segunda-feira, 14 de junho de 2010

Perseguição politico/sindical

A ICTS,perdeu os aeroportos açoreanos,e a PROSEGUR ganhou-os,mas a pratica da PROSEGUR é a mesma da ICTS.Numa coisa elas estão unidas,na perseguição aos trabalhadores que lutam,por melhorias nossa classe.Com o passado da prosegur,não era de esperar outra coisa,todos sabemos que a prosegur sofreu uma pesada derrota,com a greve dos transportes de valores,e com essa greve se conquistou o subsidio de almoço.Nós temos que estar muito unidos para fazer frente a  empresas como estas.Ainda agora a prosegur deu mais uma prova do que é capaz ,no aeroporto sá carneiro(porto)ao não fazer a transferencia dos trabalhadores para a empresa securitas.A perseguição aos trabalhadores,não pode ser ignorado pelas autoridades,está na nossa constituição que os trabalhadores,são livres de se filiarem em sindicatos ou partidos politicos.É vergolhoso que 36 anos depois já começa a ser preocupante que tenhamos que esconder,onde votamos ou se somos sindicalizados.

AOS TRABALHADORES VIGILANTES AEROPORTUÁRIOS DOS AÇORES

 O STAD DENUNCIA QUE A PROSEGUR, A NOVA EMPRESA DE SEGURANÇA PRIVADA AEROPORTUÁRIA, NÃO ESTÁ A CUMPRIR COM A LEI!
[nomeadamente com o artigo 285º do Código do Trabalho e a cláusula 13ª. do CCT da Vigilância]
O STAD ESTÁ A INTERVIR EM TODAS AS FRENTES PARA DEFENDER OS INTERESSES DOS TRABALHADORES VIGILANTES AEROPORTUÁRIOS!
A LUTA CONTINUA:
•    Pela salvaguarda dos direitos e das garantias dos trabalhadores, especialmente o direito ao Trabalho!
•    Para que os sindicalistas sejam admitidos na PROSEGUR, sem discriminações!
•    Para que seja reposta a Justiça!
•    Para que sejam condenadas as “más práticas” quer da PROSEGUR quer da ICTS!

OS TRABALHADORES TÊM RAZÃO;
A PROSEGUR, NÃO!

UNIDOS, ORGANIZADOS E EM LUTA, NO STAD, VENCEREMOS!
pdf COMUNICADO


«UNIDOS NA LUTA»

terça-feira, 1 de junho de 2010

Nós estivemos lá

 Foi uma extraordinária manifestação,eramos milhares e milhares de trabalhadores.Já sabemos que o socrates é surdo,mas mesmo surdo,ele deve nos ter ouvido bem,ele mora ali perto.Já fui a algumas grandes manifestações,mas esta era  tal o tamanho que se fosse organizada como das outras vezes,não tinhamos chegado aos restauradores antes das 20 h.Desta vez a cgtp,marcou duas concentrações distintas,sector publico,na zona das amoreiras,e nós sector privado nas picoas,o quer dizer que estavam a desfilar duas manifestações distintas até ao marques de pombal onde nos juntámos,e isto dá bem a dimensão da grandiosidade da manif.

Não gostei da atitude da cgtp de não deixar entrar os anarquistas/libertários na manifestação
e as tvs já estavam de olho na situação espera de alguns confrontos.


«UNIDOS NA LUTA»