quinta-feira, 14 de maio de 2015

Empresas cobram fardamento dos vigilantes!!

  


QUANDO É QUE A ACT,METE A MÃO NA MASSA,E COMEÇA ATACAR ESTAS EMPRESAS VÃO DE ESCADA?



Resultado de imagem para imagens da ronsegur

O Caso Ronsegur!

A empresa de segurança privada Ronsegur que prestava serviços em autarquias em 2010, era acusada não ter escalas de serviço afixadas nos postos, além de exigir o pagamento da farda.

A farda era paga pelo vigilante à empresa, sendo o seu preço: 210 euros, paga em 4 prestações! A farda era constituida por:
- 2 calças;
- 2 camisas;
- 1 casaco;
- 2 pares de divisas;
- 1 gravata;
- 1 cinto.

A quantia reembolsada após o vigilante ser despedido não era paga.
 NÃO É SÓ A RONSEGUR QUE USA ESTE ESTRATAGEMA!!
Resultado de imagem para imagens da VPROTEC
         A VPROTEC    cobra também dos seus trabalhadores a farda,e no final do contrato não devolve o dinheiro!!
«UNIDOS NA LUTA»